No mundo digital de hoje, ter uma loja online é crucial para o sucesso de qualquer negócio em Portugal. O Ecommerce oferece uma série de vantagens para empresas de todos os setores, desde maior alcance de público até redução de custos.

Ecommerce, ou o termo em português “comércio eletrónico”, é a compra e venda de produtos e serviços online. Isso pode ser feito através de websites, dispositivos móveis, aplicações, redes sociais e até mesmo marketplaces.

O Ecommerce está a crescer rapidamente em todo o mundo, e Portugal não é exceção. Com um crescimento de 16% em 2023 em comparação com o ano anterior, em 2024 espera-se que o mercado português de Ecommerce continue a crescer, atingindo um valor de 12,4 mil milhões de euros. Este crescimento será impulsionado por diversos fatores, como:
   – Aumento da entrada na internet: A percentagem de pessoas em Portugal com acesso à internet está a aumentar, o que significa que mais pessoas estão potencialmente aptas a fazer compras online;
   – Crescimento do uso de smartphones: Cada vez mais pessoas estão a usar smartphones para fazer compras online;
   – Aumento da confiança nas compras online: Os consumidores estão cada vez mais confiantes nas compras online, o que contribui para o aumento do número de compras online.

Assim, a loja online tem inúmeras vantagens para os negócios, como:
   – Alcance global: Uma loja online permite vender os seus produtos para pessoas em todo o mundo, não apenas em Portugal;
   – Disponibilidade 24 horas por dia, 7 dias por semana: Uma loja online está sempre aberta, o que significa que os seus clientes podem fazer compras a qualquer hora do dia ou da noite;
   – Redução de custos: Uma loja online pode ser mais barata de operar do que uma loja física, pois não há necessidade de pagar rendas de espaços, luz, água ou outros custos de manutenção;
   – Maior eficiência: Uma loja online pode automatizar muitas tarefas, como processamento de pedidos e pagamentos, rentabilizando assim o tempo para se concentrar em outras áreas do seu negócio;
   – Melhor recolha de dados: Uma loja online permite que recolha dados sobre os seus clientes, como os hábitos de compra e preferências, o que pode ser usado para melhorar a sua estratégia de marketing e vendas.

Além das vantagens já mencionadas, criar uma loja online não é suficiente. As empresas precisam ter uma estratégia de marketing digital eficaz para atrair clientes para sua loja online.

Essa estratégia deve, no entanto, ser adaptada ao tipo de loja online que possui pois, tal como nos negócios “tradicionais”, existem vários tipos de Ecommerce. Nomeadamente:

B2B (Business to Business)
Modelo de comércio eletrónico que se realiza entre duas empresas ou com fim de revenda, o qual não é muito habitual no nosso mercado.

B2C (Business to Consumer)
Este é, provavelmente, o modelo predominante de vendas online. É o mais usado pelas empresas e negócios que desejam disponibilizar a sua oferta em formato tradicional e, igualmente, em formato online. Marcas como Continente e Worten são alguns exemplos que usam o mesmo stock para loja física e online. Mais recentemente, têm surgido lojas online sem presença física, fazendo do canal online o principal motor de venda entre marca/negócio e cliente final.

C2C (Consumer to Consumer)
Quem nunca vendeu algo pela Internet? O modelo C2C envolve transações entre dois ou mais consumidores, através de um marketplace, como acontece no OLX, CustoJusto e no marketplace do Facebook, por exemplo.

C2B (Consumer to Business)
Sendo talvez o mais recente, este é um modelo de negócios em que os consumidores criam valor e as empresas consomem esse valor. Por exemplo, quando um consumidor escreve críticas e dá uma ideia útil para o desenvolvimento de novos produtos, esse consumidor está a gerar mais valor para o negócio. Outra forma de C2B é quando os consumidores oferecem produtos e serviços às empresas em troca de algum tipo de pagamento. Exemplos: em blogs ou fóruns de internet em que o autor oferece um link de volta para um negócio online, facilitando assim a compra de um produto, promoção de soft skills em sites de oportunidade de emprego e trabalho remoto, promoção de serviços para empresas, etc.

Concluindo, ter uma loja online é essencial para o sucesso de qualquer negócio em Portugal, no entanto, é importante lembrar que a criação de uma loja online não é uma tarefa simples. É preciso ter atenção a diversos detalhes para que a loja seja bem estruturada e funcional, proporcionando uma boa experiência de compra para os clientes.

Contratar profissionais especializados, como encontra na equipa da Ideias Fluídas, é a melhor maneira de garantir que sua loja seja bem feita e atenda às suas necessidades.

Pronto para começar?